Foto da colecção 'Parking Spaces', Tóquio, 2002, Martin Parr.

Pois é! É o almejado buraco onde se pode arrumar essa gigante cadeira de rodas (para gente saudável mas preguiçosa e com um profundo ódio ao seu próprio corpo) que é o carro.

Pedalando pela cidade, Berlim, 2009, Andrea Morgenstern.

Será que ainda não inventaram alternativas cómodas e eficazes ao carro? Mas se essas alternativas são já tão velhinhas… (Enfim, o que ainda não inventaram foi a mentalidade capaz de fazê-las penetrar a práxis, o quotidiano, a paisagem.)

Quanta preguiça!!!