Músicos de rua, vítimas da pólio e das desigualdades sociais extremas do Congo, os Staff Benda Bilili foram descobertos para os nossos ouvidos por Vincent Kenis, o mesmo que descobriu e editou na Crammed Discs os não menos interessantes e não menos actuais grupos congoleses Konono nº1 e Kasai Allstars. 

Dedicado ao José Manuel Reis, grande amante e conhecedor da nova (e da velha) música urbana africana, que me tem feito descobrir alguns dos tesouros musicais dos cinco continentes.