for simplesmente o EXCESSO?

Da colecção ‘Transparent City’, Chicago, 2008, Michael Wolf

Sim, o EXCESSO!

Mas EXCESSO de quê?