Os processos algorítmicos que permitem ao Google Earth redesenhar (reinventar) a geografia deste planeta tão profundamente humanizado produzem, por vezes, enormes aberrações que Clement Valla sintetiza no projecto Postcards from Google Earth.

Eis algumas dessas obras de arte (os fundadores do surrealismo sabê-las-iam apreciar, estou certo):