Caros amigos,

Silenciosamente, em todo o planeta, bilhões de abelhas estão morrendo, ameaçando as colheitas de nossas plantações e nossos alimentos. Entretanto, em 48 horas, a União Europeia poderá tomar medidas para banir alguns dos agrotóxicos mais venenosos e pavimentar o caminho para uma proibição global que salvaria as abelhas da extinção. Quatro países da UE passaram a proibir esses pesticidas venenosos e algumas populações de abelhas já estão se recuperando. Dias atrás, o órgão oficial que cuida da segurança alimentar europeia afirmou, pela primeira vez, que certos pesticidas estão causando danos fatais às abelhas. Agora, juristas e políticos europeus estão pedindo uma proibição imediata. Mas a Bayer e outras gigantes produtoras de agrotóxicos estão fazendo lobby para mantê-los no mercado. Se provocarmos um enxame enorme de indignação pública agora, poderemos pressionar a Comissão Europeia a colocar nossa saúde e o meio ambiente na frente do lucro de poucos. Sabemos que nossa voz tem poder! No ano passado, a nossa poderosa petição, com 1,2 milhão de assinaturas, obrigou as autoridades dos EUA a abrir uma consulta formal sobre pesticidas – agora, se chegarmos a 2 milhões, poderemos convencer a UE a se livrar desses venenos e pavimentar o caminho para uma proibição mundial.

Assine a petição urgente e envie para todos

– a Avaaz e deputados europeus vão entregar nossa mensagem antes da reunião chave nesta semana, em Bruxelas: http://www.avaaz.org/po/hours_to_save_the_bees/?bzqrGdb&v=21447

As abelhas não só produzem mel, mas são vitais para a vida na Terra – a cada ano elas polinizam 90% das plantas e plantações com um valor estimado em US$40 bilhões, mais de um terço da produção de alimentos em muitos países. Sem ações imediatas para salvar as abelhas, muitas das nossas frutas, legumes e nozes preferidas poderão desaparecer das prateleiras. Nos últimos anos, temos visto um declínio acentuado e preocupante, em todo o planeta, das populações de abelhas – algumas espécies já estão extintas e outras, nos EUA, foram reduzidas a apenas 4% da população que existia antes. Cientistas vêm lutando para obter respostas e agora a Autoridade Europeia de Segurança Alimentar está dizendo que os produtos químicos tóxicos chamados pesticidas neonicotinóides poderiam ser os responsáveis pelas mortes das abelhas. A França, Itália, Eslovênia, e até a Alemanha, sede da Bayer, maior produtora de agrotóxicos, baniram alguns destes produtos que matam abelhas.

Porém, a Bayer continua a exportar o seu veneno para o resto do mundo. Neste momento, o debate está pegando fogo. Parlamentares da UE estão aumentando a pressão sobre a Comissão Europeia e sobre os governos-chave para aprovar a nova legislação proibindo esses agrotóxicos mortais, e nós podemos oferecer-lhes o apoio público de que precisam para combater o potente lobby dos produtores de pesticida. Assine a petição urgente para os líderes europeus, e em seguida, encaminhe este email para todos: http://www.avaaz.org/po/hours_to_save_the_bees/?bzqrGdb&v=21447

Nosso mundo está cercado de ameaças para as condições que o tornam habitável, e para tudo aquilo que o torna maravilhoso. A comunidade Avaaz se reúne para defender os dois – seja grande ou pequeno. Seja vencer uma batalha para impedir a Comissão Baleeira Internacional de sancionar o assassinato destes enormes mamíferos, seja para salvar as abelhas, estas pequenas criaturas das quais tanto dependemos. Vamos nos unir e defender o mundo que todos queremos.

Com esperança,

Luis, Ari, Alice, Iain, Ricken, David, Alaphia, e toda equipe da Avaaz

MAIS INFORMAÇÕES:

UE suspeita de inseticidas por “sumiço” de abelhas (Instituto Humanitas Unisinos) http://www.ihu.unisinos.br/noticias/517043-ue-suspeita-de-inseticidas-por-qsumicoq-de-abelhas

Agência europeia diz que 3 neonicotinóides põem abelhas em risco (G1) http://g1.globo.com/economia/agronegocios/noticia/2013/01/agencia-europeia-diz-que-3-neonicotinoides-poem-abelhas-em-risco.html

Comissão Europeia admite proibir pesticidas devido ao impacto sobre as abelhas (Lusa) http://visao.sapo.pt/comissao-europeia-admite-proibir-pesticidas-devido-ao-impacto-sobre-as-abelhas=f706959

Pesticidas são uma ameaça para as abelhas (European Voice) (em inglês) http://www.europeanvoice.com/article/2013/january/pesticides-pose-danger-to-bees/76158.aspx

Pesticidas da agricultura estão “matando nossas abelhas” diz membro do parlamento europeu (Public Service Europe) (em inglês) http://www.publicserviceeurope.com/article/3007/crop-pesticides-are-killing-our-bees-says-mep#ixzz2JGICse6a

Sentença de morte para agentes nervosos pesticidas para salvar abelhas (Independent) (em inglês) http://www.independent.co.uk/environment/nature/death-knell-for-nerve-agent-pesticides-in-move-to-save-bees-8454443.html

Dêem uma chance para as abelhas! (The Greens European Free Alliance) (em inglês) http://www.greens-efa.eu/give-bees-a-chance-9012.html

Estudos culpam a Bayer pela morte de abelhas (Christian Science Monitor) (em inglês) http://www.csmonitor.com/Science/2012/0406/Studies-fault-Bayer-in-bee-die-offA